Avanços da ciência que prometem colocar fim à Impotência

Parece mentira, mas lá se vão 20 e poucos anos desde o surgimento do Viagra no mercado.

Nem é preciso dizer o que isso significou para milhares de homens, só se falava da tal pílula azul, vista como a solução revolucionária para a sexualidade masculina.

Pois bem, os anos se passaram e a medicina se viu diante de muitos obstáculos, tais como, os efeitos colaterais da pequena e milagrosa pílula.

Então, certamente, correram atrás de substitutas, voltadas para aquelas pessoas cuja a pílula azul não era recomendada. Assim,  uma nova onda de tratamentos surgiu, prometendo reforçar o arsenal contra a impotência sexual, principalmente, se o problema tiver causas orgânicas.

Vamos conferir o que há de mais novo no mercado? Confira:

Células-tronco

Estão sendo feitas pesquisas em universidades nos Estados Unidos, portanto, ainda em fase de testes, com as células-tronco, que poderiam ser injetadas no pênis, auxiliando em sua recuperação.

A aplicação seria muito simples, já que o pênis é um órgão externo.  Infelizmente, esses testes demoram muito a se tornarem disponíveis, podendo levar, até mesmo, de 10 a 50 anos.

O foco principal seriam os diabéticos, pacientes com lesões neurológicas e após cirurgia radical para câncer de próstata ou na região pélvica, para tratar a impotência sexual, geralmente, causada por essas patologias.

Leia também: Como curar a ejaculação precoce

Azulzinho turbinado

Está chegando ao mercado, se espera para breve, uma nova geração do Viagra, Cialis, medicamentos inibidores da PDE5, que devem ter ação mais rápida e direta no corpo cavernoso peniano, dessa forma, provocando menos efeitos colaterais, como dor de cabeça ou rubor facial.

Ondas sonoras

Já por aqui, em aparelhos de diferentes tipo,  são usadas ondas de baixa intensidade, que visam aumentar a vascularização do pênis.

Na verdade, funciona através de uma fonte de energia ultrassônica, usada para quebrar cálculo renal, só que com uma intensidade adequada para o pênis.

Assim, por cerca de seis semanas, o paciente recebe aplicações semanais, de 15 a 20 minutos.
Vale saber que esse tratamento é indicado para aqueles pacientes que não respondem bem à medicação oral, como diabéticos, fumantes, hipertensos, com colesterol alto ou usuários de drogas.

Spray sublingual

Voltado exclusivamente para retardar a ejaculação, já se sabendo que a ejaculação rápida é confundida muitas vezes com falta de volume do pênis, ou seja, o homem pensa que tem distúrbio de ereção, mas, na verdade, tem somente ejaculação precoce.

O spray sublingual, cuja absorção é bem mais eficaz,  é feito com medicamentos manipulados, à base de princípios ativos como os do viagra e do cialis e funciona, principalmente, para retardar a ejaculação.

Assim, algumas horas antes de ter relação, basta o homem dar duas ou três borrifadas debaixo da língua, e pronto, já perceberá melhoras na ereção.

Mas atenção, esse medicamento, como foi dito, visa apenas retardar a ejaculação, para dificuldade de conseguir ereção, infelizmente, não há remédios eficazes no formato sublingual.

Implante hormonal

Técnica indicada para homens que sofrem com hipogonadismo, e daem (distúrbio androgênico do envelhecimento masculino), ou seja, possuem problemas na produção de hormônios, com baixo índice de testosterona.

Embora tenha aprovação da Anvisa, o implante hormonal só é feito em clínicas, ou seja, não é produzido por laboratórios.

Na verdade, isso é porque  a reposição de testosterona sem indicação médica é muito arriscado, podendo tanto aumentar o risco de câncer de próstata e fígado, trombose e AVC, como, também, reduzir a produção natural do hormônio.

6 dicas para emagrecer depois dos 50

Não sabe mais o que fazer para emagrecer? Desde que fez 50 anos vem tentando de tudo, muito mais exercícios, dietas radicais e não consegue emagrecer? Então, esse artigo é para você!

Quem passou dos 50 anos sabe que, dentre as muitas coisas que já não funcionam como antes, o metabolismo é uma das mais gritantes.

Se quando se é jovem basta fechar a boca um dia ou só pegar mais leve no doce e no dia seguinte a cintura já está bem mais fininha, depois dos 50 a perda de peso pode ser, realmente, complicada.

E você, passou dos 50 anos e não consegue emagrecer nadinha? Então, nada de desanimar, confira abaixo algumas dicas, simples, mas que vão lhe ajudar a mandar embora alguns quilinhos, em pouco tempo e sem comprometer a saúde. Confira.

Dicas para emagrecer depois dos 50 anos

  1. Fuja das dietas da moda

Dietas radicais, muito restritivas podem até emagrecer por um tempo, mas como são difíceis de serem seguidas, ao abandoná-las, o peso perdido vem todo de volta. Por isso, se ainda não conseguiu mudar seus hábitos alimentares, procure adotar um cardápio rico em frutas, verduras e grãos, além de passar a controlar as porções.

Isto não impede que você use emagrecedores naturais, na verdade eles são até recomendados, Sibulmax é uma boa escolha por ser um dos melhores atualmente.

  1. Mude o tipo de atividade física (pelo menos por um tempo)

Embora os exercícios aeróbicos realmente emagreçam, o corpo pode estar acostumado e já não reage tanto a esses estímulos, por isso, vale dar um tempo nesses exercícios e apostar em treinos de força e atividades como musculação por exemplo. Além de emagrecer, você irá definir e fortalecer os músculos, enquanto acelera o metabolismo.

  1. Fique de olho nos hormônios

E não pense que a briga com hormônios é privilégio de adolescentes, na verdade, nessa fase há um sério desequilíbrio hormonal, e ele pode atrapalhar o emagrecimento sem que você perceba. Por isso, após a chegada da menopausa, não deixe de realizar exames regulares para verificar e manter em ordem seus níveis hormonais.

  1. Mantenha o estresse sob controle

E não dá para esquecer o estresse, por isso, aposte em atividades, técnicas e terapias para combatê-lo, pois, embora muita gente não saiba, o estresse dificulta a perda de peso, principalmente, após uma certa idade .

  1. Invista em uma alimentação correta

Se em qualquer idade não se deve pular refeições, após os 50 anos, isso ainda é mais necessário, e ainda se deve caprichar no café da manhã, para acelerar o metabolismo e, claro, emagrecer.

  1. Caminhe pela manhã

Procure investir em caminhadas, pelo menos, 3 vezes por semana, durante 30 minutos e, de preferência, bem cedo, aproveitando o sol que é fonte de vitamina D, dessa forma, fortalecendo os ossos e combatendo a osteoporose. E mais, a caminhada, além de contribuir para a perda de peso, melhora a saúde de todo o corpo, garantindo proteção contra diversas doenças.

O que é Câncer de Próstata

Está preocupado e quer saber o que é, realmente, câncer de próstata e como evitar a doença? Então, continue lendo esse artigo.

O que é a próstata?

Primeiramente, para entender a doença, é preciso saber o que é a próstata, que nada mais é que uma glândula presente apenas nos homens, localizada abaixo da bexiga, à frente do reto, envolvendo a parte superior da uretra, que é  o canal que liga a bexiga ao orifício externo do pênis.

Ao contrário do que muitos homens pensam, a próstata não tem peso algum sobre a ereção ou orgasmo, sua função é apenas produzir um líquido presente no sêmen, que serve para nutrir e proteger os espermatozoides.

Embora nos homens mais jovens a próstata tenha o tamanho, mais ou menos de uma ameixa, seu tamanho vai aumentando com o passar dos anos, quando isto ocorre, o suplemento para próstata como o Evo Prost funciona para impedir que continue crescendo.

Câncer de Próstata

Pronto, agora que já sabe, realmente, o que é a próstata, fica mais fácil entender sobre o câncer nesse órgão, que é o mais frequente entre os homens, depois do câncer de pele.

Embora seja uma doença comum, o câncer de próstata ainda é cercado por muito tabu, o que só complica o tratamento, já que, muitas vezes, quando os homens resolvem procurar ajuda médica, já é tarde demais.

O fato é que, ou por medo ou por desconhecimento total, muitos homens preferem fugir do assunto e não conversar a respeito.

Segundo pesquisas, há o risco estimado de 66,12 casos novos a cada 100 mil homens, sendo a segunda causa de morte por câncer em homens no Brasil, chegando a mais de 14 mil óbitos.

Por isso, ao perceber qualquer sinal ou sintomas, é fundamental procurar ajuda especializada para a realização de exames.

Só é possível avaliar a próstata através do toque retal e da dosagem do PSA no sangue, então, dependendo das alterações encontradas, deverá ser pedida uma biópsia, para analisar a presença do câncer de próstata.

Vale ter em mente que o câncer de próstata, na maioria das vezes, cresce de forma lenta, não chegando sequer a dar sinais durante a vida, e nem a ameaçar a saúde do homem. Já, em outros casos, pode crescer muito rápido, se espalhar para outros órgãos e causar a morte.

Dicas para evitar o câncer de próstata

Sem dúvida, a melhor forma de se prevenir da doença, é adotando uma dieta rica em frutas, verduras, legumes,principalmente,o tomate,  grãos e cereais integrais e com menos gordura, além de evitar consumir álcool e cigarro.

Outra forma de prevenir é fazendo, pelo menos, 30 minutos diários de atividades físicas, procurando manter o peso adequando á altura.

E, claro, procurar, a partir dos 50 anos ,realizar exames de rotina, e no caso de ter histórico familiar da doença, a visita ao médico deve começar mais cedo, já aos 40, e deve avisar o médico, que indicará os exames necessários.

Como melhorar seu desempenho sexual com esportes

Praticar esportes de forma consistente é bom para a sexualidade masculina e permite que você aprecie melhorias significativas entre os lençóis

Ao falar sobre seus benefícios, é essencial mencionar também aqueles relacionados à intimidade do casal . Dados científicos na mão, praticar esportes é bom para a sexualidade feminina e masculina. No caso específico de seu desempenho sexual, é importante lembrar o papel que o treinamento aeróbico e o treinamento com pesos têm .

A primeira atividade permite, a longo prazo, apreciar uma redução no sentido de fadiga (para obter efeitos concretos, basta correr por meia hora cerca de três vezes por semana). No segundo caso, estamos lidando com uma melhora no tônus ​​muscular .

Entrando em detalhes os benefícios que o esporte tem na sexualidade masculina, é importante especificar a ação contra o colesterol . Seu acúmulo ao nível dos vasos sanguíneos certamente não é vantajoso no que diz respeito à força e duração das ereções.

Leia Também: V8 Big Size Funciona

Obviamente, a ciência estudou minuciosamente a relação entre esporte e desempenho sexual masculino . Digno de nota a esse respeito é uma pesquisa que remonta a 1990 e publicada nas páginas da revista científica Archives of Sexual Behavior .

Especialistas que conduziram este trabalho descobriram que homens que seguem um cronograma de treinamento de 60 minutos por três dias por semana podem experimentar uma melhoria geral na vida íntima sob diferentes pontos de vista (por exemplo, duração e intensidade). orgasmo). Qual a razão para esses efeitos positivos? A maior produção de testosterona , o hormônio masculino da antomasia, essencial para o desejo sexual e a função erétil.

É de mencionar também o fato de que, de qualquer forma, o esporte é capaz de promover a secreção de ocitocina e serotonina , hormônios muito importantes no combate ao estresse, condição que certamente não é favorável à qualidade de vida íntima.

Depois de esclarecer esses aspectos, é útil mencionar outras disciplinas que são muito úteis para aqueles que desejam mudar sua vida íntima . Nesta categoria é possível incluir rugby , vôlei e futebol. Esses são esportes coletivos que ajudam muito a otimizar a resistência física , sem, obviamente, negligenciar o tônus ​​muscular. Finalmente, nadar é excelente , um esporte completo que ajuda você a superar seus limites de tempos em tempos .

Como comer bem para emagrecer

Comer bem para melhorar a saúde significa escolher melhor. Aqui você encontrará algumas estratégias para levar uma dieta mais inteligente.

Regra 1: volte ao básico

O princípio fundamental de uma alimentação saudável é ingerir mais alimentos em seu estado natural: frutas secas sem sal, carne de animais criados em pastoreio, frutas e legumes. A propósito, é simples senso comum, mas a realidade é que muito do que consumimos hoje é quimicamente alterado: “Maltodextrinas e xaropes de milho com alto teor de frutose e tudo o que não existe fora de uma fábrica”.

Tente trocá-los por mais duas porções de alimentos reais por dia e você estará caminhando para uma saúde melhor.

Regra 2: limitar produtos processados

A maioria dos alimentos que vêm em uma caixa tem algum grau de processamento, o que significa que coisas que você não precisa foram adicionadas ou que parte de sua bondade essencial foi retirada. Mesmo alimentos com ingredientes reais podem não ser ideais se tiverem sido processados. Portanto, tente escolher alimentos com o mínimo grau de processamento.

Por exemplo, será melhor comer um figo do que um biscoito. Quanto mais próximo o alimento estiver de sua forma natural, melhor será para você.

Caso você sinta muita necessidade de comer determinados tipos de alimentos que são prejudiciais, vale a pena comprar Cuperine, um suplemento para perda de peso que também ajuda a diminuir o apetite e portanto pode te fazer sentir menos vontade de comer porcarias.

Regra 3: verifique o rótulo

“O truque para encontrar alimentos saudáveis ​​embalados é gastar um pouco de tempo lendo a lista de ingredientes”, diz Laura Georgy, nutricionista de Chicago. Os alimentos mais saudáveis ​​são aqueles com menos ingredientes. “Se você não consegue pronunciar um ingrediente, provavelmente não deve comê-lo”, diz Michelle Dudash, autora de Comer Limpo para Famílias Ocupadas .

Regra 4: conheça o inimigo

Certos ingredientes não têm lugar na sua despensa, porque demonstraram afetar o colesterol , a pressão sanguínea ou o açúcar no sangue . Esses cinco nunca devem tocar seus lábios.

Gordura trans

Procure por “óleo vegetal parcialmente hidrogenado”, “óleo vegetal hidrogenado” e “gordura” em biscoitos e bolachas e pipocas de microondas. Produtos derivados da hidrogenação – gordura trans – aumenta o colesterol ruim (LDL) e diminui o colesterol bom (HDL), aumentando o risco de ataque cardíaco e derrame .

Corantes alimentares

Pegue seus óculos de leitura e procure por “azul 1” (azul 1), “azul 2” (azul 2), “vermelho cítrico 2” (vermelho cítrico 2), “verde 3” (verde 3), “laranja B” ( laranja B), “vermelho 3” (vermelho 3), “vermelho 40” (vermelho 40), “amarelo 5” (amarelo 5) e “amarelo 6” (amarelo 6) em produtos de panificação, cereais e condimentos. Corantes alimentares sintéticos têm sido relacionados a tumores em estudos com animais.

Adoçantes artificiais

Observe “acessulfame-K” (acessulfame-K), “sacarina” (sacarina) e “aspartame” (aspartame) em qualquer alimento que alega ter baixo teor de açúcar ou carboidratos. Os estudos mostram que esses produtos podem receptores de açúcar, levando-nos a querer consumir coisas doces e tornar produtos naturalmente doces – como frutas – menos palatáveis.

Xarope de milho rico em frutose

Procure xarope de milho com alto teor de frutose, açúcar de milho (açúcar de milho) e adoçante de milho (adoçante de milho) em tudo, desde pão a molho para salada. Esses açúcares simples e concentrados causam repetidos altos e baixos de glicose no sangue e níveis de insulina que podem ter a conseqüência inesperada de nos fazer ansiar ansiosamente por alimentos com um teor ainda mais alto de açúcar e gordura, independentemente de quanto tenhamos comido recentemente.

Nitratos e nitritos

Procure carnes defumadas e pó de aipo “aipo em pó” ou “suco de aipo”, ingredientes que enganosamente parecem muito saudáveis. Na verdade, são aditivos secretos, usados ​​para preservar a cor vermelha da carne, e estão relacionados a câncer de ovário e rim, de acordo com o estudo de longo prazo sobre dieta e saúde que o NIH e o AARP realizam.

Dicas Para Ter os Cabelos Lisos de Forma Natural

O cabelo liso precisam de muito cuidado para ser lavado e tratado com produtos específicos para ser seco e escovado corretamente para que eles não se tornam crespos e confuso.

Cuidados com os cabelos lisos

 

Aqui estão algumas dicas para manter um cabelo natural liso e saudável, graças aos hábitos simples de lavar e secar, sem usar a placa.

Como lavar cabelos lisos

Para lavá-los, você precisa usar xampus específicos com propriedades suavizantes e anti-frizz, que podem amolecê-los sem sobrecarregar os cabelos.

Recomenda-se o uso de xampus leves e não agressivos e possivelmente sem parabenos e sulfatos.

Depois de massagear todo o comprimento do cabelo com shampoo, enxágue com bastante água morna e termine de lavar com um jato de água fria que servirá para fechar as cutículas do cabelo e o frizz dos fios.

Como secar cabelos lisos 

Após a lavagem, não esfregue o cabelo com a toalha, mas passe um pano de algodão ou microfibra.

Para a secagem, é aconselhável usar um secador de cabelo não muito quente, posicionando a bica de cima para baixo. Os cabelos lisos devem ser secados a partir da raiz, mantendo o secador a cerca de 15 cm do couro cabeludo e sempre descendo, com movimentos constantes, movendo continuamente o secador.

Não segure o secador de cabelo na mesma posição, pois corre o risco de estragá-los e não secá-los muito bem, deixando-os um pouco molhados.
Após a secagem, é aconselhável soprar os cabelos com ar frio, para torná-los mais brilhantes.

Como escovar os cabelos lisos 

O cabelo deve ser penteado úmido com um pente antiestático de dentes largos. Em seguida, aplique a máscara ou o soro suavizante nos comprimentos.

Se você deseja escovar os cabelos após a secagem, é melhor usar a escova reta: é uma escova redonda com cerdas densas com corpo de metal.

Se o cabelo for muito espesso, use uma escova redonda com um núcleo de cerâmica para obter um efeito melhor.
Após a secagem e a escovação, algumas gotas de óleo de linhaça podem ser aplicadas nas pontas.

Produtos para ter os cabelos lisos naturais

Para ter cabelos lisos como seda de forma natural sem precisar de usar química, e recomedado usar o Lize Hair, além dele, mostraremos alguns produtos naturais que o deixarão surpreso.

  • Óleo de semente de brócolis. Obtido da prensagem a frio das sementes de brócolis, possui propriedades excepcionais de suavização e anti-frizz, sem sobrecarregá-lo. Além disso, nutre e dá maciez e brilho. A aplicação regular ajuda a desembaraçar e modelar o penteado. Sempre use-o misturando-o com algumas gotas do óleo essencial de sua escolha para esconder seu cheiro desagradável. Aplique a mistura em todos os cabelos e principalmente nas pontas com uma leve massagem. Cubra com uma toalha quente e deixe agir durante a noite. Lave com o shampoo habitual.
  • Vinagre de cidra. Torna o cabelo mais brilhante, equilibra o pH natural e evita infecções no couro cabeludo. Para um uso ideal, prepare uma mistura de 2 colheres de sopa de vinagre de cidra e 1 copo de água. Use esta solução para lavar o cabelo após a lavagem. Deixe secar ao ar sem usar o secador de cabelo.
  • Água de arroz. Alisamento, mas também polimento, graças ao amido . Utilizado de forma consistente, elimina o frizz, mesmo em caso de alta umidade. Mantenha a água de cozimento do arroz e use-a fria para lavar o cabelo, deixando-o por 3-4 minutos antes de enxaguar com água quente.
  • Cerveja . Contém proteínas e vitaminas essenciais para a saúde do cabelo. Além disso, o álcool tem um efeito de limpeza que suaviza o cabelo e o torna mais suave. Para preparar o xampu de cerveja, leve para ferver 1/2 copo de cerveja em fogo médio até sobrar apenas metade. Deixe esfriar e adicione 1/2 xícara do shampoo habitual. Use esta mistura para lavar o cabelo.
  • Óleo de coco Nutritivo e protetor, regenera e fortalece os cabelos, proporcionando maior flexibilidade e aparência mais suave. Você pode usá-lo como um bálsamo, máscara ou massagem. Aplique nos cabelos molhados para obter um efeito bálsamo. No cabelo seco, use-o para massagear o couro cabeludo. Se você quiser usá-lo como máscara, aplique-o apenas nos comprimentos e enrole a cabeça em uma toalha. Deixe por 20 minutos e enxágüe com água morna.
  • Azeite. Sublime o seu cabelo e torne-o mais suave. Rico em antioxidantes, ajuda a manter a saúde do couro cabeludo e a hidratar os cabelos. Você pode fazer uma máscara agitando 4 colheres de sopa de azeite e 2 ovos juntos até obter uma mistura uniforme. Espalhe no cabelo e couro cabeludo. Cubra com um filme transparente. Deixe por 30 – 45 minutos e lave com um xampu suave.
  • Óleo de gergelim, óleo de coco e óleo de amêndoa doce . A aplicação regular de um óleo quente não apenas hidrata o cabelo, mas também o mantém suave por um longo tempo. Aqueça o óleo de sua escolha ( óleo de amêndoa doce ,  óleo de coco , óleo de gergelim ) de sua escolha no microondas por cerca de 20 segundos. Antes de aplicar, verifique com o dedo se não está muito quente e depois distribua-o por todo o cabelo. Massageie o couro cabeludo por 15 minutos. Penteie para distribuí-lo bem e enrole a cabeça em uma toalha úmida e quente por meia hora ou mais. Penteie o cabelo com um pente de dentes largos após lavar e enxaguar com bastante água.
  • Óleo de rícino. Evite o frizz e hidrate. Para alcançar os melhores resultados, é possível misturar o óleo de rícino com óleo de soja . Prepare uma mistura com 2 colheres de sopa de óleo de mamona e 1 colher de sopa de óleo de soja. Aqueça no microondas por cerca de 20 segundos. Usado para massagear cabelos e couro cabeludo. Deixe agir por meia hora e enxágue o cabelo.

Como ter cabelos lisos perfeitos

Para alisar o cabelo, você pode usar o prato. Siga estas dicas:

  • fazer shampoo e uma máscara nutritiva
  • use um soro suavizante
  • passe o cabelo com uma toalha de microfibra
  • penteie-os  quando estiverem molhados com um pente de dentes largos
  • coletar uma parte do cabelo com um alicate
  • use a placa  na parte não grampeada, começando pelas raízes e chegando lentamente às pontas
  • comece pela parte de trás da cabeça e colete gradualmente a parte suavizada em uma fila
  • passe alguns fios para definir melhor o liso e não deixe as pontas muito retas, mas levemente enroladas
  • complete o estilo com um fixador ou laca

As placas para alisar os cabelos

Hoje existem vários tipos que nem são comparáveis ​​aos usados ​​até uma década atrás. Quase todos eles têm uma superfície de cerâmica de até 160 ° sem danificar demais os cabelos. Alguns também são equipados com vapor para secar simultaneamente o cabelo enquanto o alisa. Outros são infravermelhos para não secar demais os cabelos. Todos garantem uma distribuição uniforme de calor.

Além disso, existem modelos com um tamanho de placa maior, para garantir mais bloqueios para alisar, especialmente aqueles com cabelos grossos ou uma massa perceptível de cachos.

E para quem quer mais, também existem placas de titânio e até placas rotativas ou oscilantes, para distribuir melhor o efeito de suavização em toda a trava e impedir que os cabelos se quebrem. E também a possibilidade de trocar prédios antigos e criar um estilo encaracolado ou espesso.

Lembre-se, no entanto, de que usar o prato todos os dias não é bom ; no entanto, eles emitem calor e isso estressa o cabelo e o seca.

Como Prevenir e Reduzir a Celulite

Com o início da primavera as temperaturas começam a subir e é hora de começar a mostrar a pele que cobrimos durante todo o inverno, algo que pode ser um problema se você tiver celulite .

A pele é um órgão vital de todo ser humano que cobre o corpo, protege-o de agressões externas e é composto de três camadas: a epiderme que representa a camada mais externa, a derme ou camada intermediária e a hipoderme que é a camada profunda. e onde a celulite se desenvolve.

Nesta camada, as células chamadas adipócitos que armazenam gordura , entre outras finalidades, regulam a temperatura corporal . Mas quando essa gordura não é armazenada na mesma proporção que se desgasta, ela pode se acumular, aumentando o tamanho das células adiposas e criando pequenas saliências que podem crescer e pressionar os vasos sanguíneos.

Esse processo é chamado de celulite e se manifesta através da casca de laranja, que é o sintoma externo da celulite e geralmente ocorre com mais frequência nas pernas, nádegas, barriga e braços.

Essa condição não pode ser completamente eliminada, pois interfere em certos fatores, sejam circulatórios, alimentares ou hábitos aos quais o corpo se acostumou, além de outros, como os hereditários, que impedem a total erradicação da celulite. Mesmo assim,  pode ser evitado de diferentes maneiras.

Formas de prevenir a celulite

Uma das causas ou fatores de risco para os quais a celulite pode se desenvolver é manter um exercício sedentário e deficiente que é combinado com uma dieta incompleta ou desequilibrada em termos dos nutrientes que ela contém.

Portanto, para prevenir a ocorrência de certas condições, como a celulite, é necessário manter uma dieta baseada em bons hábitos alimentares , como minimizar o álcool, eliminar o fumo ou evitar certos alimentos que contenham gorduras e açúcares. excesso .

É necessário levar em conta que a celulite não implica sobrepeso, pois pode afetar qualquer pessoa , embora seja verdade que ela tem maior incidência em mulheres do que em homens devido a sua relação com as flutuações nos níveis de estrogênio , hormônios que se revelam tipicamente feminino

Outra forma de prevenção é evitar qualquer tipo de situação que possa produzir alterações psicológicas, uma vez que o estresse continuado é um fator importante pelo qual a celulite pode se desenvolver.

Formas de reduzir a celulite

No momento em que não se pode evitar que isso apareça, seja por fatores externos, como os hereditários, seja porque os métodos de prevenção não foram eficazes, existem maneiras de reduzi-lo , “desde que não se torne uma patologia.

Existem certas medidas ou mudanças de hábitos que devem ser levadas em conta no tratamento da celulite.

Alimentos e Cosméticos

Há duas maneiras que, combinadas, podem reduzir a celulite: incluem alimentos diuréticos na dieta, como feijão, aspargo, couve-flor, melão, uvas ou pêssegos, além de outros que contenham vitamina A ou cereais que ajudam a eliminar toxinas e usar certos cosméticos de eficácia comprovada, caso do Celumax creme para celulite. Se você tem dúvidas se o Celumax Funciona eu recomendo que acesse o site oficial.

No caso deste último, alguns deles podem atuar como vasodilatadores periféricos , pois auxiliam na drenagem do excesso de toxinas. Exemplos concretos são o extrato de hera ou cosméticos contendo ruscus , devido às suas propriedades diuréticas.

Há também os cosméticos que, graças às suas propriedades lipolíticas pelas quais quebram os lipídios dos alimentos, ajudam a reduzir as gorduras superficiais graças à facilidade com que são absorvidos pela pele, apesar de, em termos gerais, os cosméticos não Eles devem ser absorvidos.

Em suma, todos esses tratamentos estéticos têm um efeito externo e ajudam a reduzir a casca de laranja que corresponde à parte visível da celulite, por isso também é recomendado o uso de esfoliantes e massagens externas que ajudam a mobilizar a área. desde que o sangue circula .

O que os especialistas não aconselham é usar drogas sem saber quais são seus componentes , já normalmente, com tratamento cosmético é o suficiente. Na verdade, as drogas que são promovidas são geralmente suplementos nutricionais simples de iodo, aminoácidos ou vitaminas.

Esportes

Começar com uma rotina de exercícios é uma das recomendações de especialistas para ajudar a reduzir a celulite existente, tudo que está se exercitando, como correr , pode ajudar a drenar a circulação periférica e isso é algo positivo.

Entre os exercícios que podem ser realizados, estes devem ser focados , isto é, centrados na área onde a celulite se acumula mais.

Exemplos são o agachamento ou a elevação lateral das pernas, no caso dos membros inferiores e abdominais , tesouras ou oblíquos, no caso de a celulite se acumular na área abdominal.

Lipoaspiração

Esta técnica de redução da celulite é geralmente realizada nos casos em que se torna uma patologia e envolve a sucção da gordura subcutânea através da introdução de uma cânula ligada a uma bomba de vácuo sob a pele.

Tratamentos naturais para diminuir inchaço da próstata

Estudos demonstram que 50% dos homens sofrerão os sintomas devido ao aumento do tamanho da próstata : micção fina, fraca e agitada, aumento da frequência de micção dia e noite, micção ardente e dolorosa?, dentre outros..
Quando sofremos esses sintomas, nosso primeiro passo é procurar o urologista que prescreverá o tratamento adequado para aliviá-los.

Mas podemos melhorar essa situação, realmente desconfortável, de uma maneira simples e natural, mudando um pouco nossos hábitos diários.

Dieta

O sintoma mais frequente e desagradável sofrido pelo paciente com próstata é o aumento da frequência urinária, principalmente à noite.

Levantar-se três ou quatro vezes durante a noite levará ao cansaço, falta de concentração, irritabilidade e baixa produtividade, por isso é importante seguir as regras que aconselhamos.

O jantar , devemos fazer 2 ou 3 horas antes de dormir deve ser leve , não comer frutas e alimentos ricos em açúcares.

Abster-se de líquidos uma ou duas horas antes de dormir pode ajudar a evitar viagens frequentes ao banheiro. Além disso, evite cafeína e álcool, que podem irritar a bexiga e piorar os problemas de micção.

Como regra geral, para evitar constipação , o bolo fecal pode comprimir a próstata

Medicamentos a evitar

– Anti-congestivos nasais e anti-histamínicos:

Especialmente nesta temporada de inverno, o uso de congestões anti-nasais, amplamente utilizado no resfriamento e constipação, produzirá um aumento na pressão na uretra prostática, que pode desencadear os sintomas de obstrução urinária de que precisariam, às vezes com sondas. Temporário e às vezes permanente.

– Diuréticos : Aumente a quantidade de urina que é eliminada agravando os sintomas já sofridos pelo paciente com hipertrofia da próstata. Converse com seu médico se estiver tomando diuréticos ou medicamentos para baixar a pressão arterial.

– Antidepressivos e ansiolíticos : esses medicamentos relaxam excessivamente o músculo da bexiga, a bomba que expele a urina; portanto, sem modificar o tamanho da próstata, dificulta a expulsão da urina.

Hábitos no banheiro

Se você foi diagnosticado com um desenvolvimento anormal da próstata, lembre-se de que deve seguir certas regras básicas para evitar agravar sua situação:

– Não espere quando tiver vontade de urinar.

– Tente ir ao banheiro em intervalos regulares , não mais que 2 ou 3 horas de espera.

-Quando urinar, se necessário, faça-o duas ou três vezes.

Com essas dicas, pretendemos evitar a retenção contínua de urina que envolve um alongamento excessivo do músculo da bexiga.

Remédios naturais

Muito na moda, não apenas na tradição popular, mas também geralmente prescrita pela maioria dos clínicos gerais e urologistas. Embora seu efeito positivo e benéfico não seja cientificamente comprovado, eles podem ser úteis em casos muito selecionados.

Um conselho que é prescrito pelo seu urologista, não pelo vizinho.

As raízes das plantas de chá verde, selênio, licopeno, quercetina, suplementos vitamínicos são mais comumente usados como remédios naturais. Dentre os suplementos o Renova Prost tem se mostrado muito eficiente.

Realizar exercício físico

Não seja sedentário, um estudo recente publicado demonstra que o exercício físico aeróbico reduz não apenas os sintomas típicos do desenvolvimento benigno da próstata, mas também 25% do câncer de próstata.

A atividade sexual não é apenas um exercício físico agradável, mas também permite eliminar regularmente o líquido prostático, permitindo um equilíbrio hormonal adequado no tecido prostático.

Como tratar varizes naturalmemte

Você tem problemas com varizes ? O aparecimento de varizes é um problema comum, especialmente em mulheres com mais de 50 anos e grávidas. Mesmo assim, independentemente da idade ou sexo, varizes podem aparecer para qualquer pessoa. 

aparecimento de varizes é uma conseqüência das influências hormonais que causam inflamação das veias e as levam a perder sua elasticidade.

Quando se trata de evitar varizes , existem inúmeras maneiras de preveni-las e tratá-las. Embora a cirurgia possa ser usada, isso naturalmente produz menos riscos e é mais eficaz. Descubra como acabar com varizes com remédios naturais e descubra os benefícios em seu corpo.

Como tratar varizes naturalmente

Quando as varizes começam a aparecer em seu corpo, é devido à insuficiência venosa delas. Para tratá-los, além da cirurgia, tente reduzir naturalmente o acúmulo de sangue nas veias. Descubra como tratar varizes naturalmente através de uma série de dicas e tratamentos.

Praticar esportes

Atividade física regular é a melhor opção para melhorar o fluxo sanguíneo e reduzir a inflamação do corpo . Além disso, o exercício – especialmente o cardio – ajuda a equilibrar os hormônios, favorecendo a perda de peso e a redução da pressão arterial, dois fatores-chave para impedir o aparecimento de varizes.

Se você já tem varizes, o esporte pode servir como um tratamento para reduzi-las. Mesmo assim, se você fizer anotações sobre a dor, não force, descanse e aplique frio e calor nos músculos para reduzir o inchaço.

Controle seu peso

Seguir uma dieta saudável e equilibrada é necessário para evitar o aparecimento de varizes, bem como o seu tratamento. E é que as pessoas com sobrepeso aumentam as chances de desenvolver esse problema de saúde . O fato de ter alguns quilos extras no corpo afeta as veias que eles veem à medida que a pressão aumenta. Dessa maneira, as veias varicosas se originam.

Se você tiver algum problema de peso, esse fator é vital. Desde o mais pesado, mais difícil é ver as varizes e elas crescem . Para evitar esse tipo de problema, siga uma dieta correta.

Siga uma dieta anti-inflamatória

Esta recomendação está vinculada à anterior. Existem alimentos que previnem e acabam com a inflamação e melhoram o fluxo sanguíneo. Para obter o máximo de benefícios possíveis e acabar com o problema das varizes , inclua alimentos ricos em fibras, antioxidantes ou magnésio em sua dieta; bem como diuréticos naturais, alimentos condimentados, vinagre de maçã ou peixe selvagem.

Use óleos essenciais

Os óleos essenciais melhoram o fluxo sanguíneo e favorecem a redução da inflamação e dos desequilíbrios hormonais . Óleos como o cipreste, aumentam a circulação e suportam o próprio sistema circulatório. Esfregue-o nas varizes duas vezes por dia durante um mês para observar as alterações.

Se você sofre de dores musculares, inchaço ou bolhas derivadas de varizes, use outros óleos essenciais,como hortelã-pimenta, lavagem ou tea tree ou um produto top de linha como o creme Varigold que o alívio é praticamente imediato..

Tome ervas naturais

Ervas naturais, como mirtilos ou castanha da Índia, são duas plantas ideais para o tratamento de varizes . Estas ervas naturais ajudam a aliviar a dor, a sensação de peso, comichão ou cãibras e ajudam a se sentir melhor.

Agora você conhece uma série de truques naturais para combater varizes . Aplique-os, termine esse problema e sinta-se melhor fisicamente.

Reduza a dor nas articulações com estas dicas

Ao longo dos anos, a dor nas articulações pode afetar a qualidade de vida das pessoas. De fato, um estudo revela que 68% dos brasileiros entre 35 e 65 anos tiveram dores articulares no último ano.

O QUE É DOR NAS ARTICULAÇÕES?

A dor articular é o distúrbio mais comum que afeta o sistema musculoesquelético. Ataca as articulações, responsáveis ​​por dar mobilidade aos ossos de diferentes partes do corpo, como joelhos, tornozelos, quadris e punhos, entre outros.  Homens e mulheres sofrem igualmente, embora 73% das mulheres sofram dores nas articulações após os 35 anos, enquanto apenas 63% dos homens sofrem, de acordo com um estudo.

Este tipo de dor pode afetar uma única articulação (monoarticular) ou várias (poliarticular) e se originar na mesma articulação ou fora dela, como em um ligamento, cartilagem, tendão ou músculo (fibromialgia, polimialgia reumática, bursite, tendinite, etc. .)

A dor articular ocorre na forma de uma punção, dor aguda, rigidez e inflamação na articulação afetada e gera limitações nos movimentos  que afetam a qualidade de vida. É importante ter em mente que, dependendo das características, a dor pode levar a doenças como  artrite, osteoartrite ou gota, entre outras.

A boa notícia é que hoje já existe no brasil suplementos naturais como o NatuD2 que previne alivia as dores articulares e previne de doenças como artrite, artrose e outras.

SINAIS DE AVISO

Em geral, os sinais de alerta a serem levados em conta são:

  • Inflamação, calor e vermelhidão articular.
  • Erupções cutâneas, pontos ou manchas violetas.
  • Dor no peito, desconforto respiratório ou tosse de início recente ou grave.
  • Dor abdominal.
  • Febre, sudorese ou arrepios.
  • Vermelhidão ou dor ocular.

Entre as articulações mais afetadas estão os  joelhos  como aqueles com maior incidência (52%), seguidos pelos da  coluna (40%) e das  mãos  (25%).

Os sintomas geralmente são progressivos e permanecem ao longo do tempo. Portanto,  tanto o tratamento quanto a prevenção são importantes.

TRATAMENTO DA DOR NAS ARTICULAÇÕES

Sendo doenças crônicas, em geral, são tratadas de várias formas:

  • Medicamentos  A fim de reduzir a dor, podem ser administrados anti-inflamatórios não esteroidais (AINEs), corticosteróides e paracetamol, entre outros.
  • Fisioterapia Para recuperar e manter a mobilidade.
  • Uso de splints. A imobilização da articulação com uma tala é por vezes útil temporariamente para aliviar a dor.
  • Aplicação de frio ou calor. Dependendo do caso, a dor pode diminuir.
  • Cirurgia. Algumas articulações são substituíveis por cirurgia. Com a cirurgia, aliviamos a dor e recuperamos a mobilidade.

COMO EVITAR DANOS NAS ARTICULAÇÕES?

As medidas mais eficazes para proteger as articulações são:

  • Dieta saudável: consumir  alimentos ricos em cálcio  (para os ossos fortes), proteína (para os músculos) e  vitaminas A, C  e  D.
  • Exercite-se regularmente.
  • Evite  excesso de peso .
  • Não faça esforços desnecessários.
  • Evite o  tabaco  e não abuse do álcool.
  • Tente  dormir  pelo menos 8 horas.
  • Manter a saúde das articulações. Faça um aquecimento adequado antes de praticar esportes.
  • Complementos. Alguns compostos, como colágeno, ácido hialurônico e sulfato de condroitina, podem favorecer a recuperação das articulações. CondroStop® , a saúde em linha e nutrição desportiva finalizador® , é um suplemento alimentar com base de colagénio hidrolisada FORTIGEL ®, condroitina  (sulfato),  glicosamina (sulfato),  ácido hialurónico, vitamina C, magnésio, zinco, cobre, extractos de plantas (açafrão, boswelia e bambu)  e MSM (methylsulfonylmethane). Peptídeos de colágeno ou colágeno favorecem a regeneração da cartilagem. A vitamina C contribui para  a formação normal de colágeno para o  funcionamento normal da cartilagem. E o magnésio e o zinco contribuem para a manutenção dos ossos em condições normais.